O processo de biometria realizado pela Prefeitura de Mossoró conseguiu resgatar 137 funcionários considerados “fantasmas”. Auditoria na folha de pessoal do município feita pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) identificou 622 servidores que não apareciam para dar expediente. Com isso, ainda faltam ser localizados 485.

A Prefeitura deve fazer nova convocação ainda esta semana. Quem não aparecer para fazer o recadastramento vai ter o salário suspenso e será cortado da folha do município, definitivamente. E isso já a partir de novembro.

A Câmara Municipal de Mossoró realiza nesta semana mais uma edição da Câmara Cultural. Desta vez, o projeto irá homenagear a cultura negra, com a manifestação cultural “Alma Negra”, além de promover pela primeira vez, uma discussão sobre o patrimônio cultural de Mossoró.

A programação está dividida em dois dias, 27 e 28 de novembro. Na quinta-feira (27), a Câmara realiza a primeira sessão plenária exclusiva para a Câmara Cultura, promovendo discussão sobre “Patrimônio Histórico e Legislação Municipal”, a partir das 10 horas, no Plenário da Câmara Municipal de Mossoró. A programação conta com a participação dos arquitetos mossoroenses, como debatedores.

Na sexta-feira (28), a Câmara Municipal promove mais um espetáculo em via pública, a partir das 19h, na manifestação cultural “Alma Negra”, que contará com música, dança, literatura e artes visuais.

O projeto Câmara Cultural foi criado a partir de um projeto de resolução de autoria do vereador Flávio Tácito. O projeto teve algumas edições realizadas no plenário da Câmara e tinha sido suspenso, sendo retomado no mês de outubro pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Francisco Carlos em uma nova dimensão, levando o espetáculo para a rua em frente à sede do Legislativo, ao mesmo tempo em que promove discussões sobre a arte e a cultura de Mossoró. Na edição passada, a Câmara Cultural resultou na aprovação de diversos projetos de lei voltados para a Cultura, alguns dos quais seguem processo de regulamentação e implementação.

Programação – Manifestação Cultural “Alma Negra”
Artistas: Conceição Andrade, Edy Lemos, Goreth Alves, Marília Cardinalle, Netinho, Priscila Soares, Xavier Araújo, Dayane Nunes, Tony Silva, Grupo de Dança Diocecena e Companhia Gesto de Dança”.

Literatura: Noite de Autógrafos do escritor Geraldo Maia do Nascimento, autor do livro “Mossoró na Trilha da História”.

Artes Visuais: Elemento Fotografia. temática Cultura Negra e Arquitetura Histórica de Mossoró. Expositores: Jackson Angel e Coletivo Monxorós Fototribo.

ASCOM/CMM

Levantamento do jornal O Estado de S. Paulo em relatórios do TCU mostra que o “clube vip” de empreiteiros teve contratos superfaturados em ao menos 20 grandes empreendimentos, como a ferrovia Norte-Sul e canais da transposição do São Francisco

metroAlbertoCoutinhoGovBa

Imagem: Alberto Coutinho/GovBa

Auditorias abertas desde 2003 pelo Tribunal de Contas da União (TCU) mostram que as nove principais empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato podem ter recebido R$ 1,1 bilhão a mais do que deveriam em contratos com órgãos e empresas federais. Entre as 20 obras suspeitas de terem os valores inflados estão a construção das ferrovias Norte-Sul e Leste-Oeste e de canais da transposição do rio São Francisco. As informações são do jornalO Estado de S. Paulo.

Por enquanto, essas empresas, que são alvo da Operação Lava Jato, não são investigadas criminalmente por estes casos. Na Petrobras, as irregularidades somam R$ 3 bilhões. De acordo com o jornal, as auditorias ainda não renderam conclusões na corte de contas por conta dos recursos apresentados pelas empresas. Formam o chamado “clube vip” da Lava Jato as empresas Camargo Corrêa, Engevix, Galvão Engenharia, Iesa, Mendes Júnior, OAS, Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC.

Entre as obras com diferança de preços estão a construção das ferrovias Norte-Sul e Leste-Oeste em Goiás e Tocantins, contratada pela Valec. Foi pago, segundo auditoria do TCU, R$ 475 milhões a mais que o contratado inicialmente. Outra suspeita de superfaturamento é no Metrô de Salvador, onde o consórcio formado por Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez recebeu R$ 312 milhões para construir o trecho Lapa-Pirajá, Segundo cálculos de auditores, a preços de mercado, o segmento custaria R$ 146 milhões.

Na transposição do Rio São Francisco, de acordo com a reportagem do Estadão, a Odebrecht firmou contrato de R$ 458 milhões para construir o canal do Sertão Alagoano. Pelas contas do tribunal, houve um sobrepreço R$ 59 milhões, equivalente a 13%. Em outro lote, da Queiroz Galvão, os serviços previstos ficaram R$ 34 milhões mais caros do que o previsto em contrato.

sarampo-e-polio

A campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite acaba na próxima sexta-feira (28). A imunização começou no dia 8 de novembro em todo o país.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, até o momento, 6,4 milhões de crianças receberam a dose contra a pólio, o que representa 50,4% da meta estabelecida. No caso do sarampo, 5,1 milhões de crianças foram vacinadas – cerca de 48,1% do público-alvo.

A meta do governo é imunizar 12,7 milhões de crianças contra a pólio e 10,6 milhões contra o sarampo. Devem tomar a vacina contra a pólio crianças entre 6 meses e 5 anos incompletos. A recomendação é que todas as crianças nessa faixa etária sejam imunizadas, já que a dose vale tanto para colocar em dia a vacinação atrasada quanto para reforçar a de quem está com o calendário em dia.

No caso do sarampo, a vacinação será feita em crianças entre 1 e 5 anos incompletos. Cerca de 10 milhões de crianças devem ser imunizadas com a tríplice viral, que também protege contra a rubéola e a caxumba. Para crianças com alergia ao leite de vaca, a vacinação será feita posteriormente.

Equipe do RN faz cirurgia pioneira

Categoria: Geral

24 nov 2014

tribunadonorte.com.br

Aura Mazda 
repórter

paciente

Imagem: Júnior Santos

Sentado em um leito do Hospital Universitário Onofre Lopes, na capital potiguar, Julio Ferreira, 68, hoje respira aliviado. O paciente chegou ao hospital em dezembro de 2013, onde ficou sabendo por meio de exames que em seu pulmão havia um tumor maligno. Graças a uma cirurgia realizada pela primeira vez no Brasil, chamada “pleuropneumectomia esquerda” por Singleport – incisão única -, Julio afirmou que pouco sentiu dor após a cirurgia e já pensa na volta para casa.

Para fazer a cirurgia, realizada em 11 de novembro de 2014, o paciente precisou se internar com 15 dias de antecedência no HUOL. Quando chegou ao hospital, Julio foi recepcionado pelo médico-cirurgião que realizou o procedimento, Carlos Alberto Araújo. O médico, que visualizou na “pleuropneumectomia esquerda” por Singleport o início de uma cura menos dolorosa para o paciente.  “Ela  é indicada quando a doença, no caso a tuberculose e o câncer de pulmão, invadem a pleura além do pulmão”, informou.

O médico residente Fidel Castro explicou que a cirurgia de Júlio tinha como objetivo  retirar parte do pulmão do paciente para que fosse feita uma análise patológica. Com a finalidade de dizer a real extensão da doença. “O real diagnóstico da doença chegará em 15 a 30 dias, a partir disso um tratamento será adotado”, disse.

A era das operações cirúrgicas com membros expostos, em que o paciente tem meses em um leito de hospital para se recuperar está parece estar sendo extinta. “Com o advento das micro câmaras, as cirurgias estão podendo ser feita através da videoassitência, as chamadas cirurgia por vídeo. O cirurgião já não precisa mais colocar a mão dentro do paciente nem olhar diretamente para dentro das cavidades do corpo. Ao invés, uma câmara é inserida e a imagem é transmitida para uma tela. Hoje em HD e de LED.”, pontuou Carlos Alberto.

Historicamente a cirurgia para tratar o diagnóstico de Júlio sempre foi feita através de grandes e, muito, dolorosas incisões. Chamada Toracotomia Postero-Lateral. “Havia secção de toda a musculatura da parede torácica e, o que aumenta muito a dor, afastamento das costelas, que nessa manobra frequentemente se fraturavam”, completou o médico.

Carlos Alberto informou que a opção pela técnica do Singleport foi escolhida porque se consegue fazer o mesmo tratamento que a técnica aberta faz, mas com muito menor agressão cirúrgica. Essa redução do trauma cirúrgico, leva a um grande benefício ao paciente pois ele sente menos dor, tem menos complicações, passa menos tempo internado no hospital e tem um retorno mais rápido as suas atividades depois da cirurgia.

A cirurgia teve duração de 4h e foi realizada pelo Sistema único de Saúde (SUS). O preço, para os planos de saúde, em geral, sai aproximadamente em R$15.000 (material). “Mas como o paciente tem menos complicações, passa menos tempo da UTI e também no hospital, termina fiando mais barata”, concluiu Carlos.

Desde que Julio foi internado, é  Elimar Rodrigues Silva, 32, que cuida e observa dia e noite cada passo do irmão. Ele relata que um dia pós o irmão ser operado, ele já interagia com os enfermeiros e colegas de quarto. “Sou primo dele, mas o considero um irmão. Quando descobrimos que ele tinha um tumor, as coisas ficaram complicadas, mas o medo da morte nunca

Desde que os primeiros sintomas da doença apareceram, em 2006, passar um dia sem sentir dores era uma realidade que Julio Ferreira não conseguia cogitar. Sentado na cama do hospital, o paciente que  fumou desde os 15 anos e saiu de uma cidade com 19.576  rumo a Natal com a esperança de voltar para Caraúbas, oeste potiguar, se diz confiante. Para uma pessoa que “na vida, já fez de tudo um pouco para sobreviver”. Hoje  vive.

O Hospital Universitário Onofre Lopes possui uma Unidade de Cirurgia Torácica Minimamente Invasiva onde trabalham os médicos Carlos Alberto Araújo e Jorge Dantas, e o médico-residente Fidel Castro.

Método
Cirurgia de portal, ou Singleport único é a cirurgia que, literalmente, é realizada através de um único portal – ou incisão – no umbigo do paciente. É uma forma de cirurgia videolaparoscópica minimamente invasiva. Na cirurgia laparoscópica tradicional um instrumental conectado a uma câmera de vídeo, ou laparoscópio, é inserido através de uma pequena incisão no abdômen.

Palácio_do_Planalto 

Por Thais Herédia

g1.globo.com

A nomeação da nova equipe econômica do governo é certamente o evento mais esperado da semana. Dilma e seus assessores conseguiram criar um carnaval de expectativas e probabilidades sobre o futuro da condução da economia. O embalo do samba deve se manter nos próximos dias até que a presidente se convença de que chegou a hora de dizer quem vai fazer o que e onde.

As motivações para tanto suspense são desconhecidas, para não dizer incompreensíveis. A colunista do G1, Cristiana Lobo, conta que a confusão está instalada até que o Congresso Nacional aprove as mudanças na lei do orçamento – um disparate que coloca em risco (ainda mais) a avaliação sobre a dinâmica dos gastos públicos e o endividamento do país.

Há outras especulações sobre a demora, mas os efeitos causados pela falta de convencimento da presidente já se revelam. O colunista do G1 Gerson Camarotti nos conta que o comportamento do governo passou imagem de “fragilidade” e “divisão” interna no PT. A dúvida de Dilma só faz algum sentido quando lemos o currículo dos principais indicados para assumir os ministérios da Fazenda e do Planejamento.

O economista Joaquim Levy, concorrendo ao posto da Fazenda, é um guardião da ortodoxia econômica. Com quase dois metros de altura, braços longos e fala mansa, Levy foi o responsável pelo melhor resultado das contas públicas da história recente, quando foi o secretario do Tesouro Nacional no primeiro mandato de Lula. Imagine você que ele segurou o governo com rédea curtíssima enquanto esteve lá.

Nelson Barbosa, concorrendo ao Planejamento, foi secretário executivo do ministério da Fazenda por mais de dois anos neste primeiro mandato de Dilma. Apesar de ser considerado “desenvolvimentista” como a presidente, Barbosa passou a dizer o que pensa da condução atual da economia e, principalmente, o que seria preciso fazer para corrigi-la. De vantagem sobre outros, o economista tem o convívio prévio com estilo centralizador e intransigente da chefe.

Enquanto esperamos, o mundo não para, nem a economia. Na agenda da semana estão dados relevantes sobre o andar da carruagem: BC divulga resultado das contas externas (que deve ser negativo) e resultado das contas públicas (teremos superávit primário?). O IBGE divulgará o resultado do PIB do terceiro trimestre, que tem previsões que variam entre algo levemente negativo e algo levemente positivo.

Ao revelar os nomes de quem vai ocupar as cadeiras da equipe econômica, a presidente Dilma acabará explicitando as prioridades de seu governo: estabilidade ou desarranjo? Investimento ou fuga de capital? Equilíbrio nos gastos públicos ou endividamento arriscado? Segurança regulatória ou intervencionismo excessivo? Credibilidade ou descrédito?

Quem esperou até agora por estas respostas, que espere um pouco mais.

Givanogivva

Categoria: Geral

21 nov 2014

Espaço do jornalista Givanildo Silva

###

Falta de caridade do papa

FRANCISCO, PAPA

O papa diz a um auditório mais interessado em ser filmado e avistado do que propriamente com a fome preocupado, que a ganância está destruindo a humanidade.

Certamente, Francisco encontra-se carente de novidade. Muito estranho enxergar o chefe da Igreja Católica sem caridade ou dignidade da informação correta e atualizada.

Na verdade, a instituição que ele preside, vendo-se a miraculosa riqueza arrebatada, não pode ser considerada exemplo de bondade. Ao contrário, serve de modelo da ambição desmedida, desenfreada.

Retórica é mesmo uma praga. Que ataca com maior intensidade saída da boca do representante de Pedro, considerado pelos exaltados o único ser supremo e perfeito, a última divindade, na terra, corporificada.

***

Enfim, um advogado com coragem de não sofismar

advogado do doleiro

Excetuando-se algumas poucas dignidades, pode-se dizer que o Brasil é comandando por uma cambada, passando pelos poderes constituídos e adentrando nas três esferas da “republicana” autoridade.

Não detectei ainda o motivo de tanto espanto com o que disse o nobre advogado Mario de Oliveira Filho, falando a mais pura verdade, ao defender o seu constituinte, um ladravaz da mais alta linhagem, operador de parlamentares peemedebistas junto à depauperada Petrobras.

A hipocrisia da sociedade só prova que o meio humano quando resolve ser ridículo, nada consegue superá-lo no exagero da maquiagem.

Ao invés de criticar o causídico excitado que disse: “Sem propina, não se faz obras para o Estado”, cada um deve olhar para dentro de si e corrigir o que acha-se inadequado. Basta isso para melhorar a humanidade.

Ah, sim, faltou o patrono do lobista Fernando Baiano dizer que se os instrumentos que formam o aparelho anticorrupção não cometessem tantas  falhas de ajuste, não perdessem o controle tão constantemente, por certo, o quadro atual de frouxidão ético-moral, envolvendo agentes públicos desavergonhados e empreiteiros indecentes, teria sido evitado, preventivamente tratado.

***

Foster perdeu a graça

presidente da petrobras

A senhora Maria das Graças  Foster perdeu completamente as condições de governança (autoridade e moral) para continuar à frente da Petrobras.

A teimosia da presidente Dilma Rousseff, mantendo-a no cargo, só faz piorar a instabilidade da companhia, justamente por ter tornado-se incapacitada a repor a credibilidade, a retomar a normalidade.

Outra coisa que precisa ser mudada urgentemente na empresa é a maneira de escolher os fornecedores de bens e serviços, preferência dada através de convites carimbados, formando uma autêntica casta em que se colocam também gerentes sôfregos e dirigentes igualmente ávidos por propina, em estado de enorme ansiedade.

Ou mudam-se as regras que disciplinam os contratos celebrados dentro da estatal, criando-se rígidos mecanismos de ajuste e de controle, ou, passada a operação lava jato, o cancro não terá sido arrancado pela raiz, não terá sido definitivamente extirpado.

Desde 2011, Casa arquivou 12 solicitações de abertura de processo contra a presidente. Pedido de presidiário recebe parecer pela rejeição. Especialistas dizem que banalização de instrumento é ameaça à democracia

dilmaimp

A consultoria jurídica da Câmara encaminhou ontem (20) ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), parecer contra o pedido de impeachment da presidente reeleita Dilma Rousseff feito por um presidiário. O caso deve ser arquivado na próxima semana, segundo a Secretaria Geral da Mesa. Até agora, a Casa já rejeitou 12 pedidos de impeachment de Dilma desde o início de seu governo. Todos pelo mesmo motivo: inconsistência jurídica. Três dessas solicitações foram apresentadas em meio à disputa presidencial.

De acordo com a Secretaria Geral, a maioria dos pedidos foi arquivada por não ter comprovado “tipicidade e/ou indícios mínimos de autoria e materialidade”. Outros requerimentos foram rejeitados porque a denúncia neles formulada foi “formalmente inepta”, ou seja, não atendeu às exigências protocolares.

Com informações do congressoemfoco.com.br

pedro_zedias_201114

pedro_ricardomotta_201114

pedro_larissa_201114

pedro_georgesoares_201114

Um dia depois de retornar de Brasília onde teve o compromisso da bancada federal de alocar recursos no Orçamento Geral da União (OGU/2015) para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o reitor Pedro Fernandes visitou, nesta quinta-feira, 20, a Assembleia Legislativa.

No legislativo estadual, o reitor também recebeu a garantia de que a UERN será beneficiada com emendas parlamentares. Foi assim com a deputada Larissa Rosado, que já decidiu que a UERN mais uma vez terá prioridade na sua cota individual. Embora não tenha decidido valores, a deputada assegurou que destinará recursos no OGE dentro das prioridades apontadas pelo reitor, que são acessibilidade, rede elétrica e internet para melhorar a assistência estudantil em todo o âmbito da instituição.

O deputado George Soares também já assegurou emenda direcionada ao CampusAvançado “Walter de Sá Leitâo” para infraestrutura, destacando-se entre os benefícios, a construção do primeiro laboratório de solo, sementes e minérios do Rio Grande do Norte, do curso de Geografia. O reitor também manteve contato com o líder do governo, deputado Getúlio Rego. que garantiu a renovação de emenda para a instituição.

Relatoria – Explicando que os entendimentos foram apenas iniciados e que a UERN buscará apoio dos outros parlamentares, o reitor Pedro Fernandes se reuniu ainda com o relator da Comissão de Orçamento, deputado José Dias, de quem ouviu que mesmo tendo havido uma redução de 28% na cota individual de emendas parlamentares (redução de R$ 2,5 milhões para R$ 1,8 milhão), a UERN terá atenção especial dos deputados pela importância que a instituição representa na formação de pessoal e desenvolvimento regional do Estado. Uma das vantagens, segundo o deputado, é que além de ser criado um fundo especial, as emendas individuais passarão a ser impositivas, conforme entendimento entre os parlamentares, como acontece com o Orçamento Geral da União.

O presidente da Casa, deputado Ricardo Motta, mais uma vez afirmou que a UERN na visão dos deputados estaduais é essencial para o crescimento do Rio Grande do Norte tanto como academia quanto como instrumento de transformação social com políticas públicas de atendimento à sociedade potiguar, através da pesquisa e extensão.

O reitor Pedro Fernandes adiantou que no decorrer dessa semana manterá contato com outros parlamentares para solicitar emendas ao OGE dentro da cota de cada um. Ele também agradeceu o apoio que tem recebido no processo de empenho e liberação das emendas parlamentares para a UERN.

AGECOM/UERN

Da France Presse

Uma em cada três mulheres no mundo é vítima de violência conjugal, adverte a Organização Mundial da Saúde (OMS) em uma série de estudos publicada nesta sexta-feira (21) na respeitada revista médica The Lancet.

Apesar da maior atenção dada nos últimos anos à violência contra mulheres e meninas, esta ainda se mantém em níveis “inaceitáveis”, segundo a OMS, que considerou insuficientes os esforços feitos.

Em todo o mundo, entre 100 e 140 milhões de mulheres jovens e adultas sofreram mutilações genitais, e cerca de 70 milhões de meninas se casaram antes dos 18 anos, frequentemente contra a sua vontade, enquanto 7% das mulheres correm risco de ser vítimas de estupro ao longo da vida, destacaram os autores destes estudos.

A violência, “exacerbada durante os conflitos e as crises humanitárias”, têm consequências dramáticas para a saúde mental e física das vítimas, acrescentou a OMS.

festa da paroquia Santa Maria Ma~e fot Vivian Galvão  (5)

festa da paroquia Santa Maria Ma~e fot Vivian Galvão  (6)

festa da paroquia Santa Maria Ma~e fot Vivian Galvão  (7)

Imagens: Vivian Galvão

A Governadora Rosalba Ciarlini participou do jantar de pré abertura da Festa de Santa Maria Mãe, padroeira do conjunto Santa Catarina, na Zona Norte de Natal. O evento aconteceu na noite desta quinta-feira (20) e contou com a participação de cerca de 1000 fiéis.

Durante os nove dias de festa, a paróquia promoverá novenas e pregações com o tema “Santa Maria Mãe da Família, Berço da Vida, Protagonista da Fé”.

Para o Padre Silvio Brito, um dos organizadores do evento, este é um momento importante para a comunidade cristã por promover a comunhão “São dias de evangelismo intenso, quando as famílias e amigos podem se reunir para estreitar os laços”, disse o Padre.

Durante a festa, a Governadora também levou uma palavra de união aos fiéis “Fiquei encantada ao ver a união dessa comunidade.  Precisamos unir nossos corações e orações e pedir as bênçãos de Santa Maria Mãe para todo o Rio Grande do Norte”, declarou.

ASSECOM/RN

propaganda eleritoral

Termina na próxima terça-feira, 25, o prazo para candidatos, partidos políticos e coligações que disputaram a eleição no segundo turno retirarem das ruas todas as propagandas eleitorais.

É o que determina a Resolução 23.404/2014, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que em seu artigo 88 estabelece que a propaganda eleitoral deve ser removida até 30 dias após a eleição.

O mesmo dispositivo estabelece que se o bem em que a propaganda foi fixada tiver sido danificado, este deverá ser restaurado. O prazo de retirada da propaganda eleitoral para quem concorreu no primeiro turno terminou no dia 4 de novembro.

De acordo com resolução do TSE, o descumprimento dessas regras sujeita os responsáveis às consequências previstas na legislação comum aplicável. A abrangência da regra permite a aplicação de legislações comuns variadas, como as leis de posturas municipais – conjunto de normas que regula a utilização do espaço e o bem-estar público do município – bem como normas ambientais e de direito administrativo.

No Rio Grande do Norte, o TRE-RN recebe informações pelo sistema de denúncias on-line disponível no site www.tre-rn.jus.br.

Consciência negra potiguar

Categoria: Geral

19 nov 2014

beleza negra
O Rio Grande do Norte está presente no II Seminário Internacional de Empoderamento de Meninas, organizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF),em Brasília.

A jovem Suyanne Maroise, de Parelhas, é quem representa o Estado no evento que reune gestores públicos, parlamentares e personalidades do mundo artístico e do esporte, desde segunda-feira.

Cerca de 70 adolescentes do Brasil, Equador, Guatemala, Jamaica e México, estão discutindo de forma participativa, propostas para igualdade de gênero, e estão tendo a oportunidade de conhecer histórias inspiradoras de mulheres que são referências em suas áreas de atuação.

Participam a cantora Negra Li, a nadadora paraolímpica Fabiana Fujimori, a surfista Nicole Pacelli, a ex-deputada federal Rita Camata, entre outras.

O Seminário tem como objetivo de promover a socialização do poder entre os cidadãos, através intercâmbio de experiências entre as meninas e os gestores de políticas públicas.

Ao final do evento, que ocorre hoje será apresentada a agenda das meninas, com os temas que consideram mais relevantes para o seu desenvolvimento, bem como os compromissos dos gestores para apoiar a inclusão das meninas nas mais diversas áreas.

Deu na Folha

Citado em delação premiada na Operação Lava Jato, o atual diretor de Abastecimento da Petrobras, José Carlos Cosenza, deve deixar o cargo.

Ministros ouvidos pela Folha afirmam que sua saída se tornou inevitável” após o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef o colocarem na lista de suspeitos de terem recebido “comissões”.

Avalia-se que o caso envolvendo Cosenza é o mais grave da gestão Dilma Rousseff, pois rompe o cordão sanitário” das denúncias. Até então, os principais episódios do caso tratavam do período anterior ao de Graça Foster na presidência da Petrobras.

Com a citação a Cosenza, revelada na segunda (17), governistas avaliam que a Polícia Federal busca “provar” que o esquema continuou após 2012, quando Sérgio Gabrielli, indicado por Lula e inicialmente mantido por Dilma, deixou o comando da estatal.

Auxiliares da petista temem que o escândalo possa respingar no governo, que tentava se blindar circunscrevendo os problemas aos indicados da gestão Lula.

No governo do ex-presidente, Costa foi indicado para a diretoria de Abastecimento. Em 2012, com a saída de Costa, Graça Foster nomeou Cosenza para a vaga.

A foto de Cosenza ao lado de Graça nesta segunda, mesmo dia da revelação da citação, repercutiu mal. Eles participavam de uma conferência para divulgar os dados operacionais da empresa.

WAGNER

Na avaliação de Lula, a reforma ministerial do novo governo Dilma deve passar imediatamente pela substituição de Graça Foster na presidência da Petrobras. Seria uma tentativa de evitar que o escândalo se instale de vez no Palácio do Planalto.

Um dos nomes defendidos pelo ex-presidente para assumir a chefia da empresa é o do ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT). Nesta segunda-feira, os dois conversaram reservadamente no Instituto Lula, em São Paulo.

Segundo a Folha apurou, Lula está incomodado com a falta de estratégia de defesa da Petrobras. Ele acredita que, no momento em que as investigações da Operação Lava Jato estão mais acirradas em direção ao PT, Graça não tem mais condições políticas de defender a empresa nem de retomar seu protagonismo econômico.

Nomeada presidente da Petrobras em fevereiro de 2012, após administração de Gabrielli (que estava à frente da estatal desde 2005), Graça é de confiança de Dilma.

GOVERNO PARALISADO

Dirigentes do PT avaliam que a crise na maior empresa brasileira, com influência no quadro econômico do país, somada à paralisia do Legislativo, acabou por frear o governo nos últimos meses do primeiro mandato de Dilma.

E agora temem um aumento dessa paralisia caso a presidente adie ainda mais a composição de sua nova Esplanada dos Ministérios.

Os ministros nomeados pela presidente serão fundamentais para o diálogo com a base aliada no Congresso, caminho para a eleição de um presidente da Câmara com o aval do Palácio do Planalto.

As nomeações para a Esplanada, dizem os petistas, servirão como sinalização de estabilidade para o governo.

Apesar de Lula e aliados defenderem a ida de Jaques Wagner para o comando da estatal, Dilma tem outros planos para o ex-governador, de quem é amiga próxima. Um ministério palaciano é uma de suas apostas. Wagner, por sua vez, gostaria de assumir a pasta do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, segundo a Folha apurou.

Aliados afirmam que Lula e Dilma devem se encontrar na próxima semana, em Brasília, para discutir o novo governo e a crise na Petrobras.

feira do empreendedor

Feira Emp. 2º Dia. Ft.Moraes Neto (83).Moraes_Neto

Feira Emp. 4º Dia. Ft.Moraes Neto (60).Moraes_Neto

Imagens: Moraes Neto

A realização da Feira do Empreendedor no Rio Grande do Norte foi responsável por atrair um público superior a 21 mil visitantes, que, durante quatro dias (de 12 a 15 de novembro), levou capacitação, informação, orientação, ideias de negócios e formalização aos empreendedores potiguares. Estruturada na Arena das Dunas, a feira superou a maioria das metas estabelecidas e já está sendo classificada como o maior evento empresarial já ocorrido no estado.

A Feira do Empreendedor foi determinante para quem pensa em um dia abrir uma empresa. Como a jornalista Tuiza Barreto, que participou de palestras e vislumbrou ideias para futuros negócios. “Foi muito importante para mim que penso em um dia ser empreendedora. Me esclareceu bastante sobre atendimento, tendências do mercado, as exigências dos consumidores e foco no cliente. Abriu os horizontes e me fez despertar para pequenos detalhes que são fundamentais na hora de se ter um negócio”, diz.

Assim como a futura empreendedora, outras 8,4 mil pessoas – entre empresários, universitários e potenciais empreendedores – também foram capacitadas no evento. Elas participaram de palestras, seminários, oficinas e assistiram a filmes seguidos de debates no Cine Empreendedor, montado no evento.

Com informações da Agência Sebrae/RN

A CPI Mista da Petrobras aprovou, em votação apertada (12 a 11), das quebras dos sigilos bancário, fiscal e telefônico do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto. O senador Wellington Dias (PT-PI) foi contrário à decisão:

- Esse requerimento busca tão somente estimular a disputa partidária. João Vaccari não é indiciado pela Justiça e não está na lista de presos. Temos que ter todo zelo para que a justiça seja feita, mas como base em fatos concretos – argumentou Wellington, que chegou a sugerir a extensão da medida aos tesoureiros dos demais partidos.

O deputado Enio Bacci (PDT-RS) discordou:

- Temos que defender a investigação. Doa a quem doer. O Paulo Roberto Costa (ex-diretor da Petrobras) disse que repassava dinheiro a Vaccari. Por isso temos que apurar – disse.

Renato Duque e Sérgio Marchado

Por unanimidade, os integrantes da CPI Mista também aprovaram a convocação do ex-diretor de Serviços da estatal Ranato Duque. Acusado de participação em esquema de corrupção dentro da empresa, Duque está preso temporariamente desde a última sexta-feira, quando foi deflagrada a a sétima fase da Operação Lava Jato da Polícia Federal.

Ao defender a convocação, o deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA) disse ser imprescindível ouvir o executivo:

- Pela posição dele na estrutura da empresa, fica claro que ele tinha posto relevante também na estrutura da organização criminosa que tomou conta da Petrobras – disse.

Logo após fecharem a convocação de Renato Duque, os parlamentares aprovaram a convocação de Sérgio Machado, presidente licenciado da Transpetro, subsidiária da Petrobras.

Agência Senado

Por Fernanda Domingues

uern1

Foto: Mariana Di Pietro

O senador José Agripino (RN) recebeu nesta terça-feira (18), em seu gabinete, em Brasília (DF), a visita do reitor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes Ribeiro Neto. Ele esteve no Senado para agradecer pessoalmente a liberação da emenda de R$ 250 mil do senador José Agripino, referente ao ano de 2014, em apoio aos cursos de pós-graduação da universidade.

Durante o encontro, o parlamentar reforçou o apoio para o ano de 2015 e garantiu que vai destinar emendas para a construção do refeitório, residência e biblioteca na UERN. “Diante da sensibilidade do senador José Agripino e do deputado Felipe Maia, tenho certeza de que poderemos contar novamente com o apoio desses parlamentares no próximo ano”, disse Pedro Neto.

Defensor de que a educação é um dos principais caminhos para o desenvolvimento do país, Agripino ressaltou que seu gabinete está sempre de portas abertas para receber seus conterrâneos. O parlamentar do Democratas afirmou ainda que seu mandato está à disposição para o fortalecimento das instituições do Rio Grande do Norte, especialmente no que diz respeito à educação.

“Mesmo com minha vida corrida dentro do Senado, eu faço questão de atender meus conterrâneos, ouvir suas demandas e contribuir, com meu mandato, para o fortalecimento das instituições do Rio Grande do Norte. E quando se trata de educação, o setor tem prioridade no meu mandato”, destacou o líder do Democratas no Senado.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, através da Procuradoria-Geral de Justiça e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com o apoio da Polícia Militar, estão no município de Ceará-Mirim executando a Operação Baco. O objetivo da operação é desarticular suposta estrutura criminosa permanente instalada no âmbito da administração pública do município.

Os investigados – agentes e servidores públicos, além de particulares -, se associavam para o fim de cometer diversos crimes contra a administração pública, beneficiando-se com o desvio de dinheiro público através de esquema criminoso por meio de fraudes à licitação, uso de “laranjas”, contratos fraudulentos simulando o fornecimento de bens ou prestação de serviços.

Estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça. As buscas são realizadas em secretarias da Prefeitura de Ceará-Mirim, residências de agentes públicos, servidores públicos e particulares.

ASCOM/MPRN

Lucas Salomão e Filipe Matoso

Do G1, em Brasília e em Curitiba

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo processo da Lava Jato na primeira instância, determinou nesta terça-feira (18) ao Banco Central a quebra do sigilo bancário de 15 dos 23 presos da nova etapa da operação policial. Entre os suspeitos que terão as contas bancárias devassadas estão o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e executivos de algumas das principais empreiteiras do país.
O magistrado também ordenou que a autoridade monetária envie à Justiça Federal do Paraná os dados bancários do lobista Fernando Soares, conhecido como “Fernando Baiano”, apontado como operador do PMDB no esquema de corrupção que atuava na Petrobras.

No documento, o juiz federal solicita dados sobre contas, investimentos e outros ativos mantidos entre os dias 5 e 18 de novembro deste ano.
Além da quebra de sigilo dos 16 suspeitos, Moro também ordenou que o Banco Central disponibilize informações bancárias de três empresas: D3TM Consultoria e Participações; Hawk Eyes Administração de Bens; e Technis Planejamento e Gestão em Negócios.
O documento protocolado no Banco Central não deixa claro o motivo de ele não ter ordenado a divulgação dos dados bancários dos outros presos.

Governadora participa do Seminário Pacto pela Vida- Elisa Elsie (3) (1)

Governadora participa do Seminário Pacto pela Vida- Elisa Elsie (7)

Governadora participa do Seminário Pacto pela Vida- Elisa Elsie (9)

Imagens: Elisa Elsie

A Governadora Rosalba Ciarlini participou do seminário “Um pacto pela vida e pela segurança: uma análise da violência no RN”, promovido pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, nesta terça-feira (18), no auditório do Centro de Operações do TRE.

A abertura contou com a presença do Secretário Estadual de Segurança, General Eliéser Monteiro, do Secretário Estadual de Justiça e Cidadania, Júlio César, do Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Francisco Araújo, do Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militares, Coronel Elizeu Dantas, do Delegado Geral da Polícia Civil, Adson Kepler, da representante do Governador Eleito, Dra. Kalina Leite, da futura primeira-dama, Juliane Faria, representando a equipe de transição, além de representantes dos municípios, da OAB, Direitos Humanos e outras instituições.

“A questão da segurança é um problema presente em todo o Brasil e momentos onde podemos analisar, discutir e apontar estratégias e soluções para agirmos na raiz do problema são interessantes para que este seja um trabalho continuo com resultados satisfatórios”, declarou a Governadora.

O objetivo do Seminário é reunir todos os atores sociais na busca de uma melhor evolução para a segurança com discussões que tornem o trabalho moderno, eficiente e participativo. “Nossa ideia é traçar diretrizes que possam ser seguidas pelos responsáveis pela defesa do Rio Grande do Norte com uma discussão multidisciplinar e interinstitucional, pensando também nas causas e não apenas nas consequências”, disse o Secretário Estadual de Segurança de Defesa Pública.

A programação do Seminário segue até esta terça-feira (19) com palestras, mesas redondas e oficinas temáticas.

ASSECOM/RN

  • kerginaldo: Não esqueça meu caro givva que ROSALBA é a maior eleitora de Mossoró, em 2016 ela tá de volta e [...]
  • Francy Granjeiro: Chiquérrima nossa presidente na ONU. Parabéns presidente, depois de Lula e Dilma o Brasil nunca ma [...]
  • geiza kelly: não estou conseguindo fazer inscrição para fazer o curso de LIBRAS,como faço?? [...]
  • lucio maia: No dia deste fato eu Jose Lucio Maia Filho estava presente, pois era o secretario da diretoria hoje [...]
  • ilielson: Isso deveria ser chamado de horario da mentira..... [...]
novembro 2014
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930